.

.

Apresentação:

Este blog é dedicado aos atuais e futuros idosos para que tenham uma vida mais feliz e menos complicada.
Minha mãe, Leda Rosin, escreveu textos e poemas com o objetivo de lançar um livro para ajudar o Asilo Padre Cacique de Porto Alegre, RS, mas não conseguiu patrocínio.
Criei este blog como homenagem para que seu trabalho não fique esquecido numa gaveta e para que ela se sinta feliz.
Este é um blog para todas as idades!



Esta turma respeita os idosos!

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Reflexões da Terceira Idade!

Posted by Picasa
No outono da vida, sem esperanças, muitos idosos sofrem abandonados na solidão de um quarto de asilo ou numa casa de geriatria.
Outros moram sozinhos, longe da família, em pequenos cômodos, convivendo com a solidão, em busca de uma velhice, sem depender da família que, muitas vezes, ignora não dando atenção, nem carinho quando eles mais precisam.
A sociedade não foi preparada para a velhice, nem os governantes deste país. Fazem do velho um inútil. Não buscam o valor de suas experiências e nem dão apoio tão necessário nessa etapa da vida.
Só fica o passado glorioso de lutas e o presente de desilusões e sofrimentos.
O idoso é muito sensível. Quando o velho tem saúde, ele pode procurar o convívio entre amigos da terceira idade e fazer as tarefas domésticas para si e se considerar feliz mesmo não tendo o apoio da família.
São poucos os idosos, cujas famílias lhe dão valor e respeitam a velhice quando é preciso na falta de saúde. E são poucos os velhos saudáveis que chegam assim ao fim da vida.
Muitas vezes, o velho fica sendo o meio das desavenças, brigas na família. Ninguém quer esse velho doente. O idoso não quer piedade. Ele quer sim é ser respeitado e ter atenção, carinho da família e da sociedade. O idoso continua a ter um coração no peito com muito amor para dar.
Olhe pelo seu idoso. Ele lhe ama e precisa muito de você. Ele ficou velho com o passar dos anos, mas já foi jovem como você.
Ele já cumpriu a sua missão, não merece solidão. Ela machuca o coração.

6 comentários:

Dora Regina disse...

Sonia, tristemente essa é a dura realidade.
Não sei aí na sua cidade, mas aqui no Rio abrir casas de repouso para idosos é um "negócio lucrativo", as famílias não tem mais amor aos seus idosos e interná-los é a solução, ainda acham que estão fazendo muito em colocá-lo em um asilo 5 estrelas.
E o amor da família, como fica?
Nada substitui!
Grande abraço querida!

Chica disse...

Eles merecem carinho e não solidão...beijos, tontinha de labirintite, por isso, menos presente,chica

Anne Lieri disse...

Soninha,é verdade!Quantos idosos são abandonados pela familia?Eu jamais faria isso com meus pais!Acho uma ingratidão imensa!Bjs,

Marcia disse...

Está muito bem descrito a triste realidade dos idosos.
Vale sempre a pena conscientizar as pessoas, pois todos chegaremos lá, se nao desencarnamos antes.
Beijos

orvalho do ceu disse...

Olá, esse Blog é muito bonito e bem colocado.
TODOS caminhando estamos para a IDADE FELIZ...
Creio que, no mínimo, os de mais idade precisam e merecem ser felizes...
Fico triste demais quando vejo tal pessoa sendo maltratada em algumas de suas formas... É lastimável!
Por temperamento, gosto de estar no meio descontraído deles...
Fiquemos na tentativa constante de amarmos e de sermos amados.
Abraços afetuosos

Consultora em Educação disse...

Como conviver com o idoso

Ivone Boechat (autora)

1- Nunca pergunte a um idoso: qual é o segredo de viver tanto assim? Porque a pessoa não vai lhe convencer ou vai dizer que não sabe a resposta. Quem vai adivinhar como se vive anos e anos, com tanta virose, corrupção, mentira, tapeação, bala perdida, exploração... ruindade!
2- Nunca telefone ou visite um idoso entre 12:00h e 16:00h. TODO idoso gosta de descansar nesse período sagrado.
3- Jamais conte um problema ao idoso. Ele vai poder ajudar? Também não seja o problema do idoso: é covardia. Ele não vai ter como se defender.
4- Nunca interfira na decisão do idoso: se ele decidiu ser enterrado ou cremado. Não fique reclamando do preço da cremação, do túmulo..Nem fique agourando e perguntando o que a família deve escrever por cima do túmulo.
5- Nunca diga ao idoso: essa história você já me contou dez vezes. Diga a ele que a história é interessante e o ajude a resumi-la. Ele vai entender que a história é conhecida!
6- Não estimule o idoso a se lembrar de um fato que lhe cause sofrimento. Desvie sempre a tristeza para o lado bom de tudo.
7- Não explore a disponibilidade do idoso, lembre-se que ele já trabalhou muito e hoje não tem mais resistência, saúde e vigor para tomar conta de problemas e cachorros... dos outros. Deixe em paz o cartão bancário com o pagamento da minguadíssima aposentadoria. Vai à luta!
8- Mude o canal da TV quando o assunto é desgraça!
9- Ao visitar o idoso, leve algo que lhe faça bem à saúde: boa conversa, estímulos, boas notícias... palavras cruzadas, linha para crochê... uma fruta que ele possa consumir... um livro. Nas festas de aniversário e Natal, seja criativo! Chega de tanto pijama e chinelo.
10- Lembre-se: a pessoa idosa tem todo direito à felicidade e não vai ser você que vai atormentar os derradeiros dias da vida de ninguém. Exercite a gratidão, o perdão, a solidariedade e chega de despejar lixos de traumas, tristezas antigas e carências na caçamba que a vida cismou de colocar na porta de quem lutou tanto para resistir às intempéries.

Poderá também gostar de:

Bornes relacionados com Miniaturas

Clique na imagem e...