.

.

Apresentação:

Este blog é dedicado aos atuais e futuros idosos para que tenham uma vida mais feliz e menos complicada.
Minha mãe, Leda Rosin, escreveu textos e poemas com o objetivo de lançar um livro para ajudar o Asilo Padre Cacique de Porto Alegre, RS, mas não conseguiu patrocínio.
Criei este blog como homenagem para que seu trabalho não fique esquecido numa gaveta e para que ela se sinta feliz.
Este é um blog para todas as idades!



Esta turma respeita os idosos!

sábado, 8 de maio de 2010

Terceira idade = Sabedoria?

Posted by Picasa



Atualmente existe uma enorme armadilha em envelhecer em nossa cultura.
Acredita-se que quando se aposenta, perde-se a sua utilidade perante a sociedade.
Que já se cumpriu a sua parte, e com isso, não há nada mais a ser feito.
Que o havia para ser aprendido aqui já aprendeu. Caso contrário, nessa altura do campeonato ninguém muda mais ninguém.
Afinal, já se estaria velho demais para isso!
Perante essas situações, vemos singelos idosos a esperar literalmente pela sua morte. Doce ilusão.Há tanto a se fazer. E isso não tem idade!
E não é ela que determina nossa maturidade espiritual.
Observe o comportamento da denominada Melhor Idade.
Encontraremos dignos exemplos de vida, positivos e infelizmente, o inverso, negativos.
Pessoas estagnadas, que se aproveitam desta fase da sua vida para manipular, obter vantagens e até mesmo, se vitimizar.
Como candidata a velhice (Candidata, pois afinal, nunca sabemos o dia de amanhã...), fico a questionar: Será que essas características somente surgiram agora nesta fase da sua vida?
Ou será que se trata das suas inferioridades que vem se apresentando ao longo da sua vida e ainda não foram curadas?
Qual a diferença entre uma pessoa jovem e uma mais idosa no quesito evolução espiritual?
Nenhuma!
O que dirá então a nossa espiritualidade? A nossa verdade interior do porque estarmos aqui, neste momento vivendo ou sobrevivendo diante destes fatos e pessoas do seu dia a dia?
Possuímos quatro pilares que nos sustentam. O seu equilíbrio é a chave para a nossa evolução, para a nossa ascensão. Infelizmente, isso nada tem haver com idade cronológica, física ou material.
Todos possuem ao seu redor pessoas mais idosas, ou ao menos com um pouco mais idade do que a sua. A partir de hoje, preste atenção, olhe-os com as seguintes premissas: Trata-se de uma pessoa igual a nós, que está também nesta caminhada evolutiva, porém há mais tempo nesta vida atual.
Será que ela está percebendo o que veio fazer aqui?
Será que a sua consciência foi despertada para a verdadeira busca pela cura das suas inferioridades ou elas estão cristalizadas em si mesmo?
Será que há harmonia em seus relacionamentos, ou há uma hierarquia cega, ou até mesmo um subjugar dos seus atos pela sua idade avançada?
Será que se trata de um bom exemplo para nós olharmos e podermos tirar uma lição para a nossa vida melhorar?
Ou mostra o comodismo, a passividade, o orgulho, o senso de oportunismo por estar nesta fase da sua existência?
Se isso está acontecendo em sua família, calma. Não crie empecilhos para sua mãe, pai, avó, avô voltarem a viver.
Eles estavam adormecidos diante do seu propósito aqui.
Que bom que eles se flagraram disso pelo amor e não pela dor e sofrimento. Infelizmente, vemos na maioria que as pessoas despertam através da ferramenta mais potente que Papai do céu tem: a doença.
E a partir de então, ou promove a sua reforma íntima profundamente, e conforme o seu mérito se cura nesta vida.
Ou, cura a alma, não o corpo, resgatando assim o aprendizado vindo desta ferramenta e desencarna.
Quem sabe, não precise mais ter que passar pela mesma situação em uma outra vida...
Traga a espiritualidade ao olhar as pessoas com mais experiência de vida terrena atual.
Contribua caso seja chamado a contribuir. Não deixe que nossa cultura os isole do real propósito de estar vivo: evoluir.
E, principalmente, não o deixe de lado achando que ele está ultrapassado.
Isso nada tem haver com desrespeito, até porque todo ser vivo merece ser respeitado, independente de idade.
Trata-se de ter compaixão por um ser humano que esqueceu muitas vezes do seu objetivo ao estar aqui, nesta escola chamada Terra.
Fale quando perceber abertura para ser dito. Escute e aprenda. Faça a sua parte, pois não é por acaso que se está junto a ela nesta encarnação.
Lembre-se: estamos todos buscando nos tornar melhores a cada dia.
Alguns com esta meta mais a mostra, outros, ocultas de si mesmo.
E isso, independe de idade, sexo, raça, religião...
Reflita sobre isso.

(Aline Schulz)

Texto enviado por e-mail pela amiga Marcia Prata do blog VITRINE DE PRATA!

http://vitrinedeprata.blogspot.com

6 comentários:

orvalho do ceu disse...

Olá, creio que em qualquer idade devemos sempre respeitar nosso processo interior de crescimento ...
Vcs descrevem muito bem em quais níveis...
Aprender para melhorar cada vez mais... auto conhecimento é indispensável,creio eu...
Boas subidas pra todos nós nos degraus da vida!
Abraços fraternos

Anne Lieri disse...

Soninha,que maravilhoso esse texto!Cada idade tem a sua beleza e sempre é tempo de aprender e crescer espiritualmente!Lindo demais!Adorei te ler!Bjs,

Marcia disse...

Olá querida,
ficou muito bonito o seu post.
Feliz dia das maes!!
Beijos

legalmente loira... disse...

sônia,
sempre é tempo para aprendermos a respitar nossos limites.
amo este blog.
beijos com carinho.

Xixo e Pepi disse...

Amiga querida,
Este texto é muito verdadeiro...
Muito bom
Parabéns
Um beijinho carinhoso

Pérola disse...

Texto completo amiga e muito verdadeiro.
Parabéns,eu tiro o chapéu.
Beijokas.

Poderá também gostar de:

Bornes relacionados com Miniaturas

Clique na imagem e...